Tuesday, February 17, 2009

Fases de um Ataque: Stealth


[ 17/02/2009 - Update: ]

O Bruce Schneier se pronunciou sobre o tema, baseado também no caso da Logic Bomb da Fannie Mae. (Obrigado ao Marcelo e Lucas pelo link).

[ 12/02/2009 - Update: ]

O blog sobre forensics do Sans Institute publicou um artigo sobre "Logic Bombs", citando o caso da Fannie Mae, dentre outros, vale a pena conferir. Eles também fizeram algumas colocações interessantes para evitar ser vítima deste tipo de ataque - resumindo:

- Conheça, controle e revise os acessos aos seus sistemas de informação
- Utilize o princípio do mínimo privilégio - como base para a distribuição de acessos.
- Garanta que a revogação de privilégios seja um processo rápido e automatizado.
- Leve a sério ameaças de empregados insatisfeitos

Eu acrescentaria à esta lista:

- Monitore e audite os acessos administrativos ( não conte com a sorte =)

[ 03/02/2009 ]


Em 1998 um artigo de Alan Boulanger chamado "Catapults and Grappling Hooks, The Tools and Techniques of Information Warfare" apresentou uma divisão até então inédita das fases comumente utilizadas durante um ataque computacional. São elas: 1. reconnaissance, 2. probe, 3. toehold, 4. advancement, 5. stealth, 6. listening post, and 7. takeover.

Cada uma das fases descritas é proporcionada ou auxiliada pela fase anterior e de forma direta ou indireta prepara o atacante para a execução da próxima.

Onze anos depois, as fases conceituais não mudaram muito, mas certamente a motivação dos atacantes e a importância das diferentes fases para que estes alcancem seus objetivos são sempre variáveis.

Neste post pretendo apresentar três casos em que a fase stealth de ataques publicamente conhecidos foi fundamental, deixando claro os perigos inerentes ao não reconhecimento tempestivo das fases anteriores, o que acarreta invariavelmente em grandes perdas financeiras diante de atacantes bem preparados e motivados.

1) Em 2005, um ataque extremamente sofisticado culminou no escândalo com roteiro de filme - incluindo suicídio de um engenheiro envolvido na trama - ocorrido com a operadora GSM grega Vodafone-Panafon. A bem executada fase stealth do ataque permitiu que os perpetradores grampeassem o celular de mais de 100 figuras públicas da Grécia durante vários meses.

2) A HeartLand - empresa que recentemente divulgou ser vítima de um ataque stealth elaborado que possibilitou o maior vazamento de dados de cartão de créditos da história, ocorrido em 2008 - precisou de 3 equipes de investigação e mais de 2 meses depois de um alerta da Visa para descobrir que o sniffer responsável pela captura dos dados estava escondido em espaço não alocado do disco de seus servidores.

3) Na Fannie Mae - empresa de hipotecas sob administração do governo americano desde setembro de 2008 - um ex-administrador de sistemas contratado implantou em 4000 de seus servidores UNIX uma bomba relógio que iria remover o acesso dos demais administradores e apagar (wipe) vários terabytes de dados críticos da empresa, em 31/01/2009. Por sorte, o plano foi descoberto antes porque o esforço stealth deste atacante interno foi baixo, ele apenas incluiu várias linhas em branco dos scripts de manutenção dos servidores antes de digitar seus comandos maliciosos. Se a mesma sofisticação dos casos 1) e 2) tivesse sido utilizada, o impacto seria altíssimo.

2 comments:

  1. Sou estudante de Segurança da Computação e sempre estou procurando novos assuntos para aprender. Adorei este artigo sobre as fases de um ataque, com exemplos.

    Letícia Moura Vianna
    leticiamv@hotmail.com

    ReplyDelete
  2. Legal.. você teria alguma referência de ataques BRASILEIROS em que esta fase "stealth" foi fundamental para o seu sucesso, e como se descobriu o ataque?

    Rodrigo.

    ReplyDelete

Labels

forense (50) resposta a incidentes (40) segurança em profundidade (27) vulnerabilidade (27) treinamento (22) cyberwar (18) conferência (16) forense de memória (15) hackers (15) malware (15) blogs (14) vazamento de informações (13) windows (13) ddos (12) china (11) criptografia (11) dns (11) exploit (11) google (11) microsoft (11) ferramenta (10) memoria (10) botnet (9) csirt (9) forense de disco (9) forense de rede (9) ftk (9) legislação (9) phishing (9) 0-day (8) NIST (8) accessdata (8) encase (8) evento (8) ferramentas (8) kaspersky (8) linux (8) negação de serviço (8) netwitness (8) sans (8) volatility (8) cert.br (7) correlacionamento (7) desafios (7) forense corporativa (7) internet explorer (7) livros (7) pageviews (7) pci (7) privacidade (7) twitter (7) usa (7) APURA (6) Guidance Software (6) espionagem industrial (6) governo (6) iccyber (6) metasploit (6) monitoração (6) skype (6) techbiz (6) 0day (5) CDCiber (5) blackhat (5) brasil (5) dlp (5) falha (5) fbi (5) ids (5) inteligencia (5) java (5) memoryze (5) modelagem de ameaças (5) métricas (5) nsa (5) patch (5) pdf (5) policia federal (5) python (5) registry (5) richard bejtlich (5) rsa (5) segurança (5) segurança de rede (5) siem (5) CyberCrime (4) Enscript (4) adobe reader (4) algoritmo (4) android (4) anti-forense (4) anti-virus (4) arcsight (4) auditoria (4) backdoor (4) backtrack (4) campus party (4) ccc (4) certificação digital (4) ciberespionagem (4) defacement (4) drive-by (4) estatísticas (4) exploit kit (4) firefox (4) fud (4) gsi (4) mandiant (4) md5 (4) online (4) pentest (4) programação (4) safe browsing (4) sandbox (4) slowloris (4) ssl (4) storm worm (4) stuxnet (4) trojan (4) wikileaks (4) windows7 (4) .gov (3) ameaça (3) blackberry (3) ceic (3) chrome (3) ciberguerra (3) cloud (3) conscientização (3) crackers (3) cymru (3) dan geer (3) defesa (3) dsic (3) engenharia social (3) enisa (3) evidence (3) fast flux (3) forense digital (3) hardware (3) htcia (3) https (3) imperva (3) intel (3) ips (3) live cd (3) logs (3) man in the middle (3) networkminer (3) perícia digital (3) processo (3) ransomware (3) registro (3) reportagem (3) revista (3) risco (3) secunia (3) shell (3) shodan (3) sox (3) sql injection (3) tools (3) truecrypt (3) verizon (3) virus (3) vista (3) voip (3) worm (3) .mil (2) BSIMM (2) Encase Enterprise (2) JDFSL (2) TPM (2) Virustotal (2) XSS (2) adobe flash (2) aduc (2) amazon (2) apache (2) apple (2) autenticação (2) bloqueador de escrita (2) breno silva (2) bruce schneier (2) bundestrojaner (2) cache poisoning (2) caine (2) carders (2) carnegie mellon (2) carolina dieckmann (2) carving (2) censura (2) cipav (2) cofee (2) coldboot (2) comodogate (2) conficker (2) consciência situacional (2) cooperação (2) core (2) cucko´s egg (2) cuda (2) cyberwarfare (2) database security (2) digital intelligence (2) direito digital (2) dnschanger (2) dpf (2) engenharia elétrica (2) engenharia reversa (2) etir (2) expressões regulares (2) f-response (2) finfisher (2) fingerprinting (2) firmware (2) flash (2) fraude (2) ftkimager (2) full disclosure (2) fuzzy (2) gsm (2) hacktivismo (2) hbgary (2) heap spray (2) iOS (2) immunity (2) impacto (2) insecure magazine (2) insiders (2) interceptação (2) iphone (2) irc (2) irã (2) jaquith (2) loic (2) mac (2) mastercard (2) mestrado (2) mobile (2) ms08-067 (2) openioc (2) openssl (2) otan (2) palantir (2) paypal (2) pcap (2) pdgmail (2) portugal (2) presidência (2) prisão (2) proxies (2) ptfinder (2) rbn (2) recompensa (2) recuperação (2) regripper (2) relatório (2) resumo (2) rio de janeiro (2) ross anderson (2) russia (2) securid (2) segurança por obscuridade (2) sift (2) snort (2) snowden (2) sony (2) sorteio (2) spam (2) spoofing (2) spyeye (2) sql (2) ssd (2) stealth (2) suricata (2) sysinternals (2) tecnologia (2) trend micro (2) unb (2) usb (2) virtualização (2) visa (2) vulnerability (2) waf (2) winen (2) wireless (2) wpa (2) wpa2 (2) xry (2) zeus (2) .edu (1) .pac (1) 3g (1) ABNT (1) AR-Drone (1) AppleGate (1) Asterisk (1) Audit Viewer (1) BIOS (1) CCDCOE (1) CEF (1) CERT (1) CSI Cyber (1) CarbonBlack (1) Craig Wright (1) DC3 (1) Diginotar (1) Dilma (1) DoD (1) Equation (1) FACE (1) FRED (1) Facebook (1) Fred Cohen (1) GPU (1) Gene Spafford (1) HP (1) ICOFCS (1) ICS (1) IDMEF (1) IJDCF (1) IJDE (1) IJOFCS (1) INFOSEG (1) IODEF (1) IPv6 (1) ISIS (1) ISO (1) MAEC (1) MCT (1) MMEF (1) Michael Cloppert (1) Ministério da Defesa (1) Netwtiness (1) OVAL (1) PL84/99 (1) RH2.5 (1) RNP (1) SDDFJ (1) SbSeg (1) Seccubus (1) Stratfor (1) TED (1) TJX (1) TV5 (1) TV5Monde (1) Tallinn (1) USCyberPatriot (1) USSTRATCOM (1) VERIS (1) VRT (1) WPS (1) WiPhire (1) Wifi Protected Setup (1) Windows10 (1) XMLHttpRequest (1) YARA (1) a5/1 (1) a5/3 (1) active defense (1) adeona (1) adhd (1) aes (1) afflib (1) akamai (1) alemanha (1) ambev (1) angler (1) anti-theft (1) antisec (1) anubisnetworks (1) apt (1) apwg (1) aquisição (1) arbor (1) armoring (1) artefatos (1) artillery (1) asprox (1) assinaturas (1) atenção seletiva (1) attack (1) aurora (1) australia (1) autonomous systems (1) avg (1) avi rubin (1) avware (1) awards (1) baixaki (1) bash (1) bbc (1) bear trap (1) belkasoft (1) bgp (1) birthday attack (1) bitlocker (1) black tulip (1) blackhat seo (1) blacklist (1) blind sql injection (1) bluepex (1) bluepill (1) breaking point (1) bug (1) bulk_extractor (1) byod (1) c2c (1) capacidade (1) carbon black (1) careto (1) carnivore (1) cartão de crédito (1) cbs (1) cellebrite (1) celular (1) centera (1) cerberus (1) certificações (1) cheat sheet (1) chip (1) chris paget (1) chromium (1) citrix (1) clean pipe (1) cliff stoll (1) cloudfare (1) cloudflare (1) cloudshield (1) cnasi (1) cnet (1) cnn (1) codenomicon (1) coleta (1) comodo (1) comodobr (1) compliance (1) comsic (1) convenção de budapeste (1) convergence (1) copa do mundo (1) coreia do norte (1) corey johnson (1) cpbr (1) crime na rede (1) crise (1) cristine hoepers (1) cuckoo (1) cyberattack (1) cyberbunker (1) daemonlogger (1) dam (1) dancho danchev (1) darkmarket (1) dcom (1) decaf (1) decaf v2 (1) decloack (1) deepweb (1) defcon (1) deutche telekom (1) dfrws (1) digitask (1) dimmit (1) diário oficial (1) dnsbl (1) dnssec (1) dou (1) downadup (1) drdos (1) drwxr (1) dsd (1) dumpcap (1) dumpit (1) duqu (1) e-evidence (1) ediscovery (1) eff (1) elcomsoft (1) emc (1) emprego (1) energia (1) enigma (1) entrevista (1) escola nacional de defesa cibernetica (1) eset (1) esteganografia (1) estonia (1) estratégia (1) etld (1) europa (1) eventos (1) evil maid (1) evilgrade (1) exercito (1) exploit-db (1) exportação (1) extorsão (1) f-secure (1) falso positivo (1) fantastico (1) fatal error (1) fecomercio (1) fernando carbone (1) ff4 (1) finlândia (1) flame (1) flexispy (1) foremost (1) forense de vídeo (1) forensic focus (1) forensic magazine (1) forensics (1) forensics.wiki.br (1) forensicswiki (1) força bruta (1) frança (1) full disk encryption (1) g1 (1) gauss (1) gcih (1) ghostnet (1) globo (1) gmail (1) gpcode (1) gpl (1) gps (1) grampo (1) guardium (1) guerra (1) guilherme venere (1) hack (1) hackerazzi (1) hackingteam (1) hakin9 (1) hardening (1) harlan carvey (1) hash (1) helix (1) hitler (1) holanda (1) honeynet (1) honeypot (1) hope (1) hosts (1) hotmail (1) httpry (1) iPhoneTracker (1) idefense (1) ig (1) impressoras (1) india (1) info exame (1) insecure maganize (1) intenção (1) interpol (1) interview (1) into the boxes (1) investimento (1) ioerror (1) iphone forensics (1) ironport (1) isc2 (1) israel (1) j2ee (1) jacomo dimmit (1) jailbreak (1) javascript (1) jesse kornblum (1) jotti (1) junho 2008 (1) kaminsky (1) kasumi (1) kgb (1) kits (1) klaus steding-jessen (1) kntools (1) kraken (1) langner (1) lime (1) limites (1) lista (1) lm (1) locaweb (1) lockheed martin (1) lynis (1) lógica (1) mac memory reader (1) mac memoryze (1) macosx (1) magic lantern (1) map (1) marcapasso (1) marcelo caiado (1) marcos ferrari (1) mawlare (1) mbr (1) mcafee (1) mcgraw (1) memscript (1) metasploitable (1) mindmap (1) mit (1) mitigação (1) mitm (1) moonsols (1) moxie (1) mrtg (1) ms08-033 (1) nac (1) nessus (1) netcontinuum (1) netflow (1) networking (1) ngrep (1) nit (1) nmap (1) norma (1) norse (1) notebook (1) ntlm (1) ntop (1) ntp (1) nuclear (1) obama (1) oi (1) oisf (1) oiss (1) olimpiadas (1) openbts (1) openvas (1) opm (1) oportunidade (1) oracle (1) orkut (1) otp (1) owasp (1) packers (1) panda (1) pattern matching (1) payback (1) pcre (1) pedofilia (1) pentesting (1) perforce (1) pericia (1) perl (1) perícia (1) pfsense (1) pgp disk (1) phonecrypt (1) pki (1) ploks (1) poisoning attack (1) policia civil (1) polypack (1) port knocking (1) português (1) post-mortem (1) postgres (1) powershell (1) prefeitura (1) premiação (1) preparação (1) princeton (1) provedores (1) ps3 (1) psn (1) psyb0t (1) pushpin (1) pwn2own (1) pymail (1) quebra de sigilo (1) r2d2 (1) rainbow tables (1) rar (1) realengo (1) reação (1) record (1) referência (1) regex (1) registry viewer (1) regulamentação (1) remnux (1) renato maia (1) renault (1) replay (1) reversing labs (1) roi (1) rootkit (1) router (1) rpc (1) ruby (1) sanitização (1) santoku (1) sc magazine (1) scada (1) scanner (1) scm (1) secerno (1) second life (1) security (1) securityonion (1) senasic (1) sentrigo (1) sep (1) sequestro de dados (1) sha1 (1) shadowserver (1) shmoocon (1) siemens (1) sites (1) skorobogatov (1) slideshare (1) smartcard (1) snapcell (1) software (1) sotirov (1) sp (1) spamhaus (1) spidertrap (1) squid (1) sri (1) ssdeep (1) sseguranca (1) sslstrip (1) sting (1) stj (1) street view (1) sucuri (1) superinteressante (1) são paulo (1) t-mobile (1) takedown (1) teamcymru (1) technosecurity (1) telefônica (1) terra (1) terrorismo (1) timeline (1) tizor (1) tls (1) token (1) topcell gsm (1) tresor (1) trustwave (1) tse (1) turquia (1) txtBBSpy (1) umass (1) unix (1) urna eletrônica (1) us-cert (1) usenix (1) userassist (1) vazamentos (1) venda de senhas (1) venere (1) verdasys (1) verisign (1) videntifier (1) visualização (1) visualize (1) vivo (1) vm (1) votação (1) wargaming (1) wasc (1) web 2.0 (1) weblabyrinth (1) websense (1) whitelisting (1) whois (1) wigle (1) win32dd (1) winacq (1) windbg (1) windd (1) winifixer (1) wipe (1) wired (1) wireshark (1) wlan (1) wordpress (1) wrf (1) xerxes (1) xp (1) zdi (1) zlob (1)